Sexta-feira, 11 de Maio de 2012

BAIÃO> TRADICIONAL> Restaurante PENSÃO BORGES

 

 

A Pensão Borges mora em Baião, na Rua de Camões, mesmo no centro da vila. Nesta terra de trabalho, não há tempo para descanso, pelo que todos os dias a porta é religiosamente aberta, ao almoço e jantar, fechando a cozinha por volta das 22h30. Como os aficionados por esta casa de comida são muitos, não será má ideia telefonar (255 541 322) a marcar mesa, principalmente nos dias de maior afluência.

 

Com quase 60 anos, este é um emblema da gastronomia do interior do distrito do Porto, que mantém seguros os valores da tradicional cozinha portuguesa, passados por diferentes gerações até à actualidade, que não cedeu ao fácil apelo da modernização que levararia a uma descaracterização irreversível.

 

Constituída por duas salas, uma mais pequena e mais acolhedora e a outra de maior dimensão e também mais fria.

 

Nesta casa de gente genuína e boa, com doses que não deixam fome a ninguém, a oferta aos peregrinos vai desde o bacalhau assado à moda da casa com batatas murro ao bacalhau à Borges – frito com cebolada e batatas fritas às rodelas, às alheiras, à vitela arouquesa assada no forno a lenha, ao
bazulaque – estufado de miúdos do cordeiro em vinha d’alhos, ao entrecosto e costeletas de vitela, passando ainda pelo seu famoso anho assado no forno de lenha com arroz de alguidar.

 

EPICURISTA ME CONFESSO****

 

Confesso que não sou grande fã de cabrito ou anho, mas não resisti ao desafio de ir à sua prova a uma casa que tem fama de se comer um dos melhores anhos do nosso condado nortenho. E em boa hora tive este acto de coragem, porque se não é o melhor, é com toda a certeza um dos melhores.

 

Esta minha aventura começou a medo, porque só consigo dar à minha boca este animal se ele estiver irrepreensivelmente trabalhado e com matéria-prima proveniente de boas pastagens. Assim, pedi ao serviçal as costelinhas do bicho, que ao meu gosto é a melhor parte, a que juntei um arroz de forno condimentado com a gordura do anho e uns magníficos grelos de produção caseira da Borges. O resultado foi memorável, porque tudo estava óptimo, ao ponto de um fraco apreciador de cabrito como eu repetir desavergonhadamente 3 vezes, o que me safou, com distinção, de ficar desconsolado por ter feito tantos km para sentar os pés debaixo da mesa.

 

Quanto às outras diferentes etapas desta jornada, são também dignas de registo e de repetição. A introdução à gastronomia da Pensão Borges começou com um presunto típico de lavrador, de origem caseira, muito apetitoso. Depois vieram as febras em vinha de alhos e uma genuína alheira. A esta equipa juntaram-se uns óptimos cogumelos recheados com queijo de cabra gratinado e bacon.

 

A cerimónia terminou com a sobremesa, que foi um simples gelado de frutos vermelhos com um toque de um qualquer licor, que se não estivesse cheio que nem um abade teria pedido certamente dose reforçada.

 

Quanto ao acompanhamento vinícola de tão faustosa e produtiva reunião gastronómica, começamos com um Palhete – “Entre Margens” leve e seco, a que se seguiu um verde branco, da casta Avesso, baptizado por “Lagar do Convento” e, para fechar em beleza, um espumante de vinho verde de terras de Gestaço – “Dom Ferro”.

 

Fica na memória um almoço em boa companhia, que juntou uma grupeta alegre e conversadora, que culminou com uma acção de graças de um mecenas local, que simpaticamente ofereceu tão bom repasto. Mas pelo que me informei, o preço é justo e nada esticado para a obra, ficando, em média, entre os 15€ e os 20€.

 

E vejam se não tem carisma que um dos pratos principais da casa, o anho assado no forno, só é oferecido aos comensais aos domingos, feriados e “dias de feira” (todos 8 e 23 de todos meses)?

 

Bem-haja à Pensão Borges e um já impaciente até breve!

 

SITE: http://www.residencialborges.com


publicado por Epicurista Portuense às 23:39
link do post | comentar | favorito
Antonio José Barros
Um Blog de prazeres profundos, mesmo que por vezes muito simples...


Pesquisa

 

Tags

todas as tags

Posts recentes

Porto > Cervejaria > Bras...

CASTELO DO NEIVA > Restau...

CASCAIS > REGIONAL > Rest...

CASCAIS > Pastelaria/Rest...

EXPO 2015 - Milão

MATOSINHOS > RESTAURANTES...

Guia Michelin: Os 14 rest...

PORTO > TRADICIONAL > Res...

Festas de São Bartolomeu ...

AVEIRO > REGIONAL > PEIXE...

Visitas

Subscrever feeds