Domingo, 23 de Novembro de 2014

MATOSINHOS > RESTAURANTES > Cervejaria-Marisqueira MAJARA

Majara1.JPG

Majara2.JPG

A cervejaria marisqueira Majara mora há muitos anos na Rua Roberto Ivens n.º 603, em Matosinhos. De porta aberta aos comensais diariamente entre a hora de almoço e a “fora de horas” uma da manhã, excepto à quarta-feira, ou ao balcão ou à mesa, estão sempre de boa cara para nos receberem.

 

O Majara é uma das mais antigas marisqueiras de Matosinhos, um clássico com mais de 40 anos, que para além da grande qualidade da matéria-prima, faz também escola na arte de bem servir da sua equipa.

 

Para além da sua afamada qualidade de marisco, o bom peixe que chega à lota de Matosinhos é "pescado" até à cozinha desta casa. Os bifes também têm muitos seguidores, assim como a Francesinha, que foi trazida até cá por um antigo “artesão” da Regaleira.

 

CONFESSIONÁRIO*****

 

Esta é na minha opinião uma das melhores cervejarias-mariqueiras do nosso burgo. Com um atendimento muito bom, sempre atento, daqueles que não é quase necessário pedir que a equipa já trouxe o que precisamos.

 

Habito com alguma frequência esta casa de comida, sempre que a gula se lembra de ter vontade de comer uns “bichinhos vermelhos de mar com bigodes”. Não tenho grande experiencia noutras versões comensais por aqui, mas sobre o que me faz vir ao Majara posso classificar de excelente.

 

Quando vou sozinho convivo com o balcão, ou com companhia à mesa, começo com umas miritas (pão torrado em finas fatias), um pratinho de verdadeiras batatas fritas e uma fantastica cerveja servida em copo baixo (é preciso pedir senão vem num vulgar copo de “fino”), a acompanhar umas gambas ou camarão da costa. A maionese caseira é de grande qualidade, pelo que "vastas" vezes a boa “asneira” de barrar na mirita ou na batata frita. Para fechar, vêm os fabulosos pregos em pão da casa, que se comem até com os lábios.

 

Para quem ainda quiser entrar pelos “postres”, os crepes são um bom pedido.

 

A conta do meu repasto de ontem – miritas, batatas fritas (€2,50),  prego no pão (€7), 2 copos de cerveja e umas gambas – ficou um pouco acima dos €20, o que foi um bom investimento e me trouxe momentos de grande satisfação à mesa.

 

Enfim, para esta “faena” cá na invicta, esta é a minha escolha. Bem hajam!


publicado por Epicurista Portuense às 16:56
link do post | comentar | favorito
Antonio José Barros
Um Blog de prazeres profundos, mesmo que por vezes muito simples...


Pesquisa

 

Tags

todas as tags

Posts recentes

Porto > Cervejaria > Bras...

CASTELO DO NEIVA > Restau...

CASCAIS > REGIONAL > Rest...

CASCAIS > Pastelaria/Rest...

EXPO 2015 - Milão

MATOSINHOS > RESTAURANTES...

Guia Michelin: Os 14 rest...

PORTO > TRADICIONAL > Res...

Festas de São Bartolomeu ...

AVEIRO > REGIONAL > PEIXE...

Visitas

Subscrever feeds